terça-feira, 21 de outubro de 2008

calar diante do que não quer se encontrar



será que eu deveria ficar calada diante do que
não quer não quer não quer mudar?
mesmo calada, nunca se cala
fala o olhar, a respiração,
o movimento dos músculos.
calar diante do que não quer se encontrar.
é como estar em plena avenida Senhor dos Passos
e alguém te perguntar:
- onde fica a Senhor dos Passos?
- você já está nela! eu digo
pronto , já encontrei a resposta.



4 comentários:

anonimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani Barbosa disse...

atemporal eletiva llena vacia...

te amo e também me siento cerca siempre, ti queiro mucho bién...

acho que nem quero mais dizer nada por que enfim, não precisa...

Toh tão feliz, crescendo tanto... quando voltar eu te conto!

Amar é POP (Amo)

Simonetta disse...

vacia jamás
la luna está siempre llena
mismo cuando la veemos nueva o minguante
soy atemporal por la busqueda sincera de afinidades eletivas..........
beeeeeeeeeesos
ai, vi que vc postou, excluiu,
está mexida,né?
só pessoas vivas como você que não fogem do contato com toda intensidade e vacuidade dos sentimentos tem chance real de
ser feliz!
beijos beijos

Hildebranda disse...

ai ai
el amor!

Related Posts with Thumbnails