quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

bem me quero bem te quero

todo mundo que refletiu sobre a vida, os encontros e despedidas, as relações consigo mesmo e com os outros, com o ambiente natural e social sabe que não é a mente que pensa e cria. é o coração que pensa e cria e convoca, como diz Clarissa Estées, as moléculas, átomos, sentimentos , anseios e o que mais seja necessário até um único lugar a fim de gerar algo novo. o máximo da inteligência é dominar, expandir,ser um expert na linguagem do coração.um coração desperto sabe enxergar o que está por trás das formas e bate forte e luta pela vitória da vida em sua total dignidade e plenitude.cria um lugar que varre todo sentimentalismo piegas que nada transforma e só cria mais ilusão e dor.um coração sadio não justifica o injustificável - combate o injustificável.
como diz um sábio oriental do século 12, todos os tesouros que um ser humano pode acumular, bens fortuna prêmios títulos diplomas fama não são nada diante dos tesouros do coração.

2 comentários:

Hildebranda disse...

o máximo da inteligência é dominar, expandir, ser um expert na linguagem do coração

lindo

o maximo da inteligencia nao é ser inteligente

é ser sensivel

Dani Barbosa disse...

Clarice é mais uma das coisas maravilhosas que você e a Carol trouxeram pra minha vida. Não que eu já não amasse antes, mas confesso que a partir de vocês aprendi a enxergá-la com toda sua grandeza!

Amo muito!

Related Posts with Thumbnails